23/07/2009

Mudanças de hábito - Quem casa quer casa!

Já contei inúmeras vezes aqui no blog que no estado civil namoridos eu e meu marido revezavámos - durmiamos uma semana na casa da minha mãe e outra na casa da minha sogra.
Porém como todas nós mulheres sabemos, chega uma hora que privacidade é algo primordial para um bom relacionamento do casal.

Lembro que na casa da minha sogra tinhamos hora para acordar, hora para tomar banho, hora para assistir televisão, hora pra chegar em casa e hora para comer. Até ai tudo bem, afinal eu estava como hóspede e não custava nada seguir as regras daquele ambiente.

Quando casamos a primeira coisa que meio veio a cabeça foi: Oba vou poder sair do banho e andar de toalha pela casa, vou poder comer todas as porcarias como salgadinhos, comida congelada que sempre tive vontade, vou poder me levantar e não me preocupar em arrumar a cama e o melhor vou poder ficar vendo filme com meu amor até tarde ai que delícia!.

Como já dizia o ditado quem casa quer casa.
No entando não foi bem isso que aconteceu. Mal chegamos no destino da lua de mel, minha sogra liga para meu marido perguntando como havia sido a viagem...aff me deu um risquicio de raiva, mas deixei passar.

De volta à Curitiba, lá estavam meus sogros nos esperando no aeroporto eu quase tive um treco
Como assim??? nem meus pais eram tão xaropes.

A primeira coisa que minha sogra disse no trajeto pra casa foi: - Durmam lá em casa, vocês devem estar casandos e com fome. Lembro de ter dado um beliscão no meu marido pra ver se ele dizia o tão esperado Não! mas ele não reagiu e pra não passar como nora chata aceitamos o convite.

O tempo passou e todo final de semana era a mesma coisa jantar sábado e domingo na casa da sogra. Gente eu odiei minha sogra por um bom tempo. Quando falávamos que não queriamos ir lá ou não podíamos a mesma vinha com chantagem emocional e como meu marido sempre foi o queridinho que faz tudo o que mamãe quer, foi complicado meus primeiros meses na rotina de recém-casada.


Um dia eu explodi e falei: Por quê compramos uma uma TV bacana e sofás gostosos se não posso usa-los; Por quê pagar internet e tv a cabo se nos dias que podemos usufruí-los estamos na barra da saia da sua mãe? Eu só tenho essa vida! GRITEI - se sua mãe não teve a juventude dela não é em nós que ela vai viver isso. Bati a porta do quarto e não falei com meu marido aquela noite.
Realmente a pior coisa é dormir brigado, mas como tudo era novo não tinha maturidade suficiente pra lidar com a situação. Lembro que essa foi nossa primeira briga de recém casados e a mais verdadeira, meu marido enxergou o exagero da mãe dele em nos manter sempre ao redor dela e viu que trabalhávamos demais para manter uma casa que na verdade parecia não ser nossa.

Tudo se resolveu e ele conversou com minha sogra.
Ela chorou esperneou, mas hoje ela entende que ele não casou com uma amélia e muito menos com garota submissa.

Eu e meu marido nos divertimos a beça, sábado mesmo fomos a um show de rock roll, chegamos ao amanhecer, e no domingo estavamos desfalecidos de tanta farra.

Tempo atrás se fizessemos isso minha sogra iria chiar dizendo que a noite foi feita pra dormir.

Aprendi que entramos nas vidas das pessoas pra somar e fui franca ao dizer à minha sogra que minha intenção nunca foi separar mãe e filho, longe de mim isso. Mas ela tem que saber que o papel na vida dele é o de mãe e que de mulher sou eu.

Eu que lavo, passo, organizo verifico as contas à pagar e cá entre nós sou eu que dou literamente no couro hauahauahauah. Óbvio não precisei ser tão clara assim, mas ela entendeu o recado.

Hoje nos damos todos bem e essa semana completamos 10 meses de casado.
10 meses de muita conquista, de amor e aprendizado. E como passa rápido!
Por isso meninas se algo aflinge seu casamento não deixe, pois o tempo não pára e ao ficar velhinha não é preciso relembrar de uma vida cheia sofrida e cheios de conflitos e sim de uma vida de amor e felicidades.

beijos

22 comentários:

Rê :) disse...

Ai, adorei esse post! E o teu blog é muito bem organizado! Lindo mesmo! Vou te lincar lá nos meus favoritos, bjooooooooooooo ;)

Simone Azevedo disse...

Parabens por ter falado a verdade e nao ter guardado isso com voce e concordo plenamente com tudo o que disse. Sorte!!

Bjoss

Noivinha Alice Curcio disse...

Ai Cinderela, nem me fala em "quem casa quer casa", pois meu post foi justamente sobre isso, que quero minha casa e parece que ela não sai nuncaaaa!!!
Aff...
Não vou nem falar senão vou começar a chorar mais uma vez!!
Se fosse pela minha sogra e pela minha mãe moraríamos com elas, mas Deus não deixa!
Na casa do meu noivo mora um horror de gente e todo mundo mexe em tudo!
Acho que teria uma assíncope nervosa!!!
Que bom que o grito espertou seu marido!
rs
Bjs e parabéns pelos felizes 10 meses!

Michelle Telles disse...

Pois é eu tbm tenho uma sogra assim..e falo pro marido,mas acha que é bobagem minha...as vezes dou uns pits..mas não aedianta muito..bjus e feliz niver de casamento..

Viviane disse...

Poxa otima materia.
realmente ate o casamento ocorre tudo perfeitante e depois que casa levamos aquele baque!
So tendo paciencia e maturidade pra reverter a situaçao.
que bom que vc foi segura do que queria, conheço meninas que escondem seus medos do marido eo que é ruim pq ficam guardando pra si mesma e quando explodem ainda sao taxadas de ruim pela familia do principe.

beijos querida.

Carol disse...

Que ótima lição!!

Minha sogra é bem agarrada com os filhos, mas ela já passou por tantos conflitos com a sogra dela q ela disse q aprendeu e que entende tudo. Até hoje ela tem sido uma sogra perfeita! Acredito que continuará assim! =)

Bjão

BarbieGirl disse...

Parabéns minha querida!!
VocÊ teve maturidade e amor para lidar com sua situação! Parabéns!!
beijos

Ah adoro entrar aqui, e amo a música que toca!! beijos

Charlene disse...

Sei bem o que é isso, morei 4 anos com os pais do noivo afe....

Hj moro sozinha, mas sei que vou ter que morar lá de novo 4 meses, pois nossa casa não ficou pronta e meu contrato do apto venci em novembro.
Vc fez a coisa certa!

Apoida!

Denise e Eduardo disse...

ai Mari,
Sogra tem umas coisas que me incomodam sabe, mas procuro deletar... mas antes de qualquer coisa sou sincera com meu marido e ele sabe exatamente o que me irrita nela...
Beijos!!!

Jake disse...

adorei.
eu cresci achando que era a sogra do garoto que é sempre uma chata mas pelo visto é o contrario..
arebaba
rsrsrs

beijos

Noivinha Fatinha disse...

aiaia tenho medo de minha sogra se tornar assim!!!
ela sempre se mete em tudo
fala pro meu amor que tem q fazer q tem q fazer akilo
que não pode colocar tal janela
que tem q colocar outra tal e por ai vai!!!
tenho mt medo disso nao acabar depois do casamento!!!

mas se não acabar eu faço igual a vc!!!
bjao

Olavo disse...

Gostei do seu relato..
vc conseguiu superar o obstaculo que nao é facil para ninguem..que bom.
Adorei teu blog..
Beijos

Rô. disse...

Que legal ler suas história... gsotei tanto que fui conferir outras postagens do seu blog que ainda não conhecia...
quando eu casar não vou passar por isto, (espero) pois vamos morar em cidades diferentes das nossas famílias...
Flor tem um selinho pra vc no meu blog!
bjocas!

Noivinha Gabi disse...

Adorei o post!

Deve ser pq me identifiquei, tem quase um ano que estou numa situação parecida com a sua antes de se casar, durmo todos os dias com o meu noivo. No inicio da semana na minha casa e nos fins de semana na casa dele. Graças a Deus eu me dou bem com a minha sogra e ele com a minha mãe...Mas a verdade é que eu não vejo a hora de ir para nossa casinha de vez!!! =)

Bjos.

p.s: é a minha 1° vez aqui, vou te linkar!

Os Piquerruxos disse...

Poxa Mari, deve ser uma barra ne? mas ainda bem q ta td bem resolvido...
morro de medo q isso acontece pq n bato mto bem com minha sogra(essa parte fica em off)

bjinhos
=***

Debbie disse...

Oie..tem selinho pra vc la no blog! Vai lá!!!
Beijaooooo

Bia disse...

Sentí um certo desabafo neste seu post, estamos aqui pra isso msm, pra nos ajudar e não somente postar, pode contar com a sua amiga blogueira tá??
E com relação a sua atitude, bato palmas, parabéns!!
bjs..
Bia.

Emanuella Maria disse...

Realmente é bem complicado uma relação quando as familias dão palpites e ainda querem encarar os filhos como se ainda morassem juntos. A ideia de casar, tambem faz parte com a ideia de amadurecer, montar a sua propria familia. Que bom que voces conseguiram encontrar uma saida para essa situacao.

:)

Depois passa la no Ambiente Vistoriado!! beijos

Flórence disse...

Vc disse tudo garota he isso mesmo ha ve se para fazer o meu selinho do blog ha tem uma foto que ta no lado uma foto minha junto com ele numa modura ve se fica legal obrogada gata. xelo.

JuLie disse...

Nossa, realmente, nada paga a privacidade do casal, viu?

Juh disse...

Florrr
amei teu bloge mais ainda a matéria,minha sogre eh dakelas q acham q o filho non cresceu,e o pior filho único!Eu sofro amiga!
Adoraria q visitasse meu blog tbm,parabéns pelo seu!
bjoks

Casando Sem Grana disse...

Hhauahuahauhau cara sabe o que eu mais amo no seu blog? Como você tem a coragem de falar certas coisas que muita "noivinha" caga na ética de não postar, só posta coisas bonitinhas e novidades bonitinhas, como se a vida fosse só isso né?
Olha, te adoro!
Até pq nossas estórias de atitudes e cotidiano são muito parecidas.

Um beijo Mari