18/06/2009

Mandamentos para Morar Junto


...sem se matar


Como foi pedido por uma leitora, aí vão algumas dicas para aproveitar o melhor de morar junto, sem deixar que isso estrague o relacionamento. Hoje temos liberdade para escolher fazer isso antes de casar, ou ainda, nem casar. O que é ótimo e deveria ser aproveitado para conhecermos melhor a pessoa que (pensamos) ser aquela que nos completa. Existem exceções, mas a maioria toma um balde de água fria quando se depara com a realidade do dia-a-dia: é bem diferente da do namoro. Uma amiga chegou a desenvolver síndrome do pânico.

Isso acontece por termos uma criação diferente da do nosso príncipe. A não ser que tenham morado na mesma casa durante a infância e adolescência, vocês têm rotinas, horários e manias, bem distintas. E nem todas são maleáveis, pois se tornaram automáticas. Passa por isso também quem mora sozinho há muito tempo. Criou sua própria rotina e acostumou-se a ter o espaço todo para si, o que torna complicado ceder praticamente a metade para outra pessoa.

Mas não se preocupem, quem ainda não surtou sabe que morar junto é uma delícia. Basta ter jogo de cintura, muito bom humor e paciência!


1. Sentirás-te à vontade – Quanto mais rápido melhor. Decidiram dar o maior passo dentro do relacionamento, então vá de cabeça. Fingir que não acorda como se estivesse do avesso, por exemplo, não existe! Sinta-se à vontade! A casa é sua também. Já li uma vez que a moça acordava meia hora antes do cara só para escovar os dentes e “acordar” depois sem mau-hálito. Nem preciso comentar né? Fica feio e não tem sentido fazer malabarismos pra parecer perfeita sempre. Ele tem que se acostumar e admirar esses ladinhos seus também. Faz parte e isso que fortalece o casal.

2. Deixarás a intimidade florescer – Alguns dizem que a intimidade é uma m... De fora, concordava. Mas de dentro, vejo que isso é besteira. Intimidade não desmancha o encanto. As pessoas é que não conseguem mantê-lo por acharem que não é responsabilidade sua. Encanto é algo que deve ser cultivado (mais abaixo tem maiores explicações)! E a intimidade é uma conquista dos dois! Vocês vão ter que usar o banheiro na mesma hora, ele vai te ver se depilando, você vai vê-lo roncando, vai te ver sem chapinha , vão saber quanto tempo o outro fica sem tomar banho, etc.! Em vez de se horrorizar com a humanidade dele ou se envergonhar da sua, se divirta!

3. Respeitarás a individualidade - Agora vocês têm uma vida juntos. Mas nem sempre foi assim. Cada um desenvolveu sua mania, sua horinha de silêncio, seu momento de se abstrair do mundo. Nenhum dos dois tem que abrir mão disso. Adoro fazer todas as coisas que posso com meu marido, mas várias vezes durante o dia ele vai pro computador dele e eu pro meu. Ou ele vai arrumar a caixa de ferramentas e eu vou ler. Tente sincronizar esses momentos de individualidade para que vocês tenham o melhor de dois mundos, sem que um dos dois se sinta excluído ou deixado de lado. Outro ponto importante: respeite o lado masculino dele.

4. Aceitarás que é normal virar ‘paisagem’ – No começo da coisa toda eu perguntava pro meu marido: se eu andasse pela casa e dormisse sempre de roupa, ele ainda se surpreenderia quando eu ficasse nua? A resposta foi clara: não. É legal dormir abraçadinhos sem pijama, é muito bom tomar banho juntos e principalmente fazer amor sempre que der vontade! E isso faz com que ambos se acostumem com o corpo do outro. Meio triste né? Mas vai abrir mão disso? Claro que não. É normal. Ele não deixou de gostar do seu corpo. A questão é saber apimentar a relação e ter sensualidade com as milhares de outras formas que existem!

5. Dividirás as tarefas de casa – morar junto não é só dormir e acordar juntos. É ter uma casa sob suas responsabilidades. Todinha de vocês, louça, poeira, sujeira, roupas, comida, já falei louça? Pois é, não é simples. Ainda mais que não tem garantias de que os dois saibam fazer isso! A regra é lembrar que ali não tem mãe, nem empregada (se tem, melhor ainda), pra ficar recolhendo o lixo, passando uma vassoura e estendendo a roupa. Por isso fica pesado um só ser responsável por tudo. Estabeleça regras gerais como, quem cozinha não lava, quem sai do banho ajeita o banheiro, coisas assim.

6. Terás dia da semana para tarefas chatas – Escolham uma noite, ou um dia da semana em que possam fazer as coisas mais chatas de casa juntos. Meu lema: junto vai mais rápido. Quinta a noite é dia de lavar roupa (sim, lavo uma vez por semana, 3 máquinas seguidas. Funciona perfeitamente e nos estressamos, veja só, uma vez por semana!). Um varre enquanto o outro passa pano em seguida. Funciona e ninguém se sobrecarrega.

7. Não surtarás quando vires que as coisas são mais difíceis do que pareciam – Ele deixou a toalha molhada na cama? DEIXA ALI! Até mofar, deixa, não mexe. Se ele não se tocou que isso não é legal é porque, no fim, alguém sempre pendurava pra ele. Bom, agora vai entender que as coisas mudaram, tem que ter responsabilidade: você não é empregada e a toalha não vai andando sozinha. Mas atenção, relaxe e não fale nada. Se começar com esse tipo de cobrança, a vida fica impossível. Deixe o controle pras suas coisas, ele tem o direito de fazer a parte dele no tempo em que ele quiser.

8. Terás que ceder alguma hora – Como falei antes, certos hábitos não mudam. O jeito é cada um ceder um pouco ou revezar. Por exemplo: odeio dormir com a TV ligada. Ele não dorme sem. Dilema profundo! Então fiz a minha parte, comprei uma máscara (daquelas que perua usa pra dormir). Uma agonia, não deu certo. Decidimos desligar a TV, ele fica com insônia. Resolvemos o caso deixando a TV ligada com timer para 30 min. É o tempo dele dormir e ela desligar para eu dormir. Já me acostumei e na maioria das vezes acabo dormindo antes. Nos dias que estou com insônia, desligamos de primeira!

9. Manterás o encanto – A cumplicidade gera encanto. Pode ter certeza de que descobrir detalhes seus que antes ele não sabia, como umas manias suas na hora de dormir, seu jeitinho de se olhar no espelho quando ele não ta olhando, etc., só o faz se apaixonar mais ainda! Não precisa se estressar com isso. Mas, disse antes que acabamos virando paisagem para os nossos amores. Isso é normal e apesar de perdermos isso, ganhamos em muitos outros aspectos. O importante é aproveitar a independência e privacidade de vocês para se curtirem ainda mais! Surpreendê-lo com uma camisola sexy, fazerem amor em vários outros lugares da casa, realizarem fantasias, enfim, existem milhares de maneiras pras as coisas continuarem muito quente entre vocês.

10. Valorizarás a hora de dormir- Eu considero fundamental irem pra cama juntos (pra dormir). Cria um vínculo muito grande, de ambas as partes, terem aquele aconchego no peito dele pra pegar no sono. Nem sempre na hora de acordar dá tempo de dar bom dia com carinho. Por isso é melhor garantir à noite. Esse costume traz um bem imenso pro relacionamento. Nem todos os dias isso será possível, nesse caso tente adaptar o que tiver que fazer para ficar o mais próximo possível dele e vice-versa, pra pelo menos ter a presença no quarto.Outro ponto importante sobre a hora de dormir é: NUNCA desconte sua raiva ou frustração na cama. Essa história de mandá-lo dormir na sala por que brigaram é a pior decisão. Só abre espaço pra ele repensar seriamente o relacionamento, ao concluir que poderia estar em qualquer outro lugar, menos ali. A casa é dos dois, a cama é dos dois. Vocês agora são um para o outro! Só existe essa desculpa se for motivo suficiente para separação. Enquanto isso durma na mesma cama e fique de costas até acalmar! Dizem também que nunca se dorme antes de resolver os problemas. Nem sempre consigo fazer isso... Às vezes só uma noite de sono (de costas pra ele, na mesma cama) para clarear a mente.Têm muitos mais, mas mandamentos são 10...

Ta, só mais um, o principal:

11. BOM HUMOR! – A vida é agora, vocês estão juntos! Aproveite! Curte o que tem de melhor e relaxe para os detalhes! Não são deles que você vai se lembrar quando olhar pra trás. Brinque muito, se divirtam e sejam felizes!



Fonte: Blog Cansei de Xuxu
Beijos

17 comentários:

amor amor disse...

O teu texto foi longo mas falou tudo de uma maneira muito clara.

E sim bom humor é tudo numa relação

Rere disse...

hehehe, muito explicativo.
O lance da toalha molhada em cima da cama sempre acontece la em casa, e la vou eu apesar de me irritar eu a coloco no lugar e nao falo nada pra nao me estressar.

agora vou mostrar seu post pra ele..isso tem que mudar

bjos

Vanessa Mendes disse...

adorei este post...li todinho
qdo a gente é recem-casada descobre td isso e dai tem duas opções: enfrentar a nova realidade com bom humor ou com mau humor, mas não importa a opção, vc vai TER que enfrentar, então é melhor fazer isso sorrindo né???
:-)
Bjinho
Van do E-Noivas

Jake disse...

Oi Mari
que bacana este post

isso serve ate pra quem ta namorando pra tomarmos umas providencias basicas.

adorei

beijinho

Tati disse...

Oi Mari to afastada da net mas quando passo aqui fico de boca aberta. Quanta coisa a quanto assunto, adoro tudo.
estou sempre no msn entra lá pra gente bater um papo
beijo

As Lucky Girl disse...

relaçao sem bom humor é um desastre mesmo.
e respeitar o espaço do outro é fundamental.
Estou com a Lais a 1 ano e meio e nos damos muito bem, ela nao deixa a tolha em cima da cama e qualquer coisa que me incomoda resolvemos com um bom dialogo,, nunca deixamos a situacao chegar ao limite e dar de dedo na cara da outra. ser pessoas civilizadas numa relacao também é mto importante.

bjus da Ruth

Tati disse...

Oi vim te fazer uma visitinha.
Tudo bem.
gostei muito do seu post.

sempre que puder venho aqui tá

Sérgio disse...

Nossa, praticamente um manual de sobrevivência, AhauHaUHaUhaUH!

Especialmente o bom humor, que é imprescindível em qualquer relação que vc tenha.

Bjooooo! Obrigado pelo selo =)

www.olhar-blase.blogspot.com

tudo_gratis_e_mais_gostoso disse...

Olá estou participando de um concurso vote em mim por favor http://valdete-mulherdefibra.blogspot.com/2009/06/hoje-e-o-dia-de-conhecermos-quem-vai.html#links
Obrigada!!

BarbieGirl disse...

Passei aqui para responder seu comentário no meu post e fiquei surpresa ao ler o seu, ficou perfeito!!

Amei :)

Principalmente pelo fato de eu estar morando junto agora.

As sensações mais incríveis estou descobrindo a cada dia, tá sendo, porque se tem amor, amor de verdade, coisa de alma, de pele!

Realmente são muitas coisinhas que mudam, e hoje é só vcs, os dois, construindo uma família. precisamos ter jogo de cintura para isso, o importante é não perder o jeito que ele te conheceu solteira e morando com os pais, não se pode perder a intimidade, aqueles momentos nossos no banheiro, é não perder o carinho, a compreensão, a amizade, chegar e perguntar como foi o dia dele, estar sempre bela, arrumada e cheirosa... detalhes pequenos +
que fazem toda a diferença!!
Seu post está maravilhoso, vou passar para ele por e-mail!!

Parabéns!!

P.s.:Infelizmente em pleno século XXI, pessoas morrem de gripe, de dengue, de cÂncer,de aids... é triste, tanto dinheiro, tanto gasto com besteira.
Ontem voltando para meu ninho, escutei no rádio do carro, a voz do Brasil, e lá dizia que eles estavam pesquisando ovos... ?! Ovos?! Que eles precisam ser refrigerados... aff
Porque não pesquisam doenças que realmente matam, pq comer ovo cru não mata como eles dissseram, até pq,bem lembrado pelo meu marido, Zezé di camargo e Luciano, comiam ovo cru e não morreram, então podemos concluir o que já sabemos, não se fazem nada por coisas realmente significativas!

É admirável mesmo as pessoas que sofrem com essa doença e encontra forças para seguir, casos como Mara Manzam, a escritora Glória Perez e amigos nossos guerreiros!!
Oremos a Deus, para que esse mal não atinga a humanidade, a nós, nem aos nossos queridos!

bjks

Carol disse...

Mto boa a explicação!
Adorei o post!

Bjinhus

Thania disse...

ótimo post! perfeito!

bjoss

Patty disse...

Oi Mari

Achei seu texto excelente!!

Sempre brinco com o meu noivo, que ele se apaixonou por mim pelo meu bom humor... mas é verdade...

Bjs

Meninas de Pantufa disse...

Olá...
estou fazendo o primeiro sorteio no meu blog! uma cesta com produtos da H2O cosméticos.. passa lá para participar!
ah e se puder divulgar em seu blog....

beijos...

www.meninasdepantufa.blogspot.com

depois volto com mais tempo.. desculpe!!!

beijinhos.......

Monica disse...

HAHAHAHA adorei o comentario d0 Sergio dizendo que isso é um manual de sobrevivencia...rsrsrs


beijos

Juliana disse...

Adorei... as dicas!!!!
´
Logo irei casar... e é sempre bom ouvir conselhos dos casados neh

beijos

raissa disse...

Me amarrei nesse post.
Super explicativo, educativo, devia estar na biblia eheheheh, pq o que tem de casal que casa e nao sabe respeitar a convivencia a 2 n'ao é brincadeira

bom final de semana
bjo