28/10/2009

Individualidade também mantém casamentos



Individualidade de um casal é ambos respeitarem o espaço um do outro.

Há quem diga que após o casamento tanto o homem quanto a mulher passam a fazer e a terem hábitos de casal - compartilhando momentos juntos e assim abrindo mão da antiga rotina de solteiro. Em termos eu concordo com o fato, pois não gostaria de ver meu marido por exemplo indo à boates com os amigos enquanto eu fico em casa tomando conta da cria (como diz a Dina). Mas também não vou priva-lo de jogar bola com a galera ou tomar um choop numa sexta feira a noite com os amigos por um egoismo da minha parte.

Quanto falo isso muita gente reluta em dizer que sou muito boazinha e que preciso abrir o olho porque homem é tudo safado. Eu dou risada, pois quem ta na chuva é pra se molhar, prefiro dormir sabendo que não sou eu que piso na bola do que ter pitis do tipo mulherzinha e apresentar ser uma esposa neurotica a ponto de eu ser a causadora do fim do relacionamento.

Pois bem...

Acho pegajoso por demais o marido ficar 24hrs grudado na mulher ou vice e versa. Todo mundo precisa de espaço, melação demais sufoca!
Quando somos namorados viver essa situação é até confortável pois ainda não moramos juntos, mas quando assumimos papéis de marido e mulher as obrigações são tantas que só o fato de você poder chegar em casa ler um bom livro sozinha ou brincar no pc dá uma revigorada danada na vida pessoal.

O que venho retratar aqui hoje é que as pessoas cada vez mais se casam achando que são donas uma das outras e esquecem que a partir do momento que aceitam CONVIVER com outra pessoa é para agregar valores e afinidades e não serem marionetes do tipo: AGORA VOCÊ CASOU VAI DEIXAR DE FAZER ISSO OU AQUILO!
Ou agora você é obrigada(o) a torcer para o mesmo time que eu, ou pior ainda, AMOR a partir de hoje você precisa assistir novela comigo tá!
Acredito que isso parta da indole da própria pessoa em questão e que não precisamos viver com cobranças pra cima desta.
E por falar em cobranças - as mulheres lideram o raking das pequisas. Exigentes e possessivas são as causadoras de traição e destruição de casamentos, por que o homem só separa quando já não  aguenta mais a "chata" da mulher dele.

Não estou aqui para defender os homens não, mas convenhamos, mulher faz drama por qualquer coisa e o homem por não aguentar tanta pressão e ver que discutir só gera discussão o que que ele faz?
 - Procura uma mulher que lhe dê atenção que faça um sexo mais ou menos e que depois se despeça dele de bico fechado -Porque SIM - Homen odeia mulher mandona e reclamona.

Vendo por esse lado, quando a mulher é muito crica na relação dou toda razão do mundo para os homens as trairem, eu não iria aguentar meu marido dizendo: MULHE já fez minha janta, já lavou minha roupa, ja pagou a prestação do carro, já fez isso, aquilo. Valha me Deus!
Não suporto cobranças e por isso não exijo nada numa relação a menos que respeito e amor, o resto vem do carater de cada um. Como diz o ditado - vem de berço, não sou eu que vou moldar as atitudes dessa pessoa só porque agora essa mora comigo.

O estresse do dia a dia as vezes nos torna pessoas estouradissimas e geralmente quem paga o pato das frustações de um dia corrido é o conjugue que chegar primeiro em casa kkk.
Mas sem brincadeira.

Individualidade não mata e faz bem a qualquer um.

Por isso reveja bem seus conceitos antes de exiger demais do seu marido ou esposa, verifique talvez se você não está abusando um pouquinho da vida pessoal que ele demorou tanto tempo pra conquistar, afinal antes de você fazer parte da vida dele outras pessoas como pai, mãe, amigos (as) já faziam também.
E lembrem-se sempre :



Amor é tolerância e não cabresto


19 comentários:

Patty Ribeiro disse...

Mari!!

Amei o post, e concordo em gênero, número e grau!

Eu sou ariana e amo a minha liberdade, sempre fui de fazer as coisas sozinha e tomar as decisões por conta própria.

Meu noivo sai com os amigos dele assistir futebol e tomar as cervejinhas... e eu tb faço isso...

É muito saudavel...

Tem gente que não entende pq eu não fico toda hr ligando para ele... e se deixar só nos falamos na sexta-feira (até pq ele viaja a semana toda)...

Mas é muito bom sentir saudades e ter oq conversar sem parecer ser chata...

Enfim...

Beijos

Quintal das Rosas Decorações disse...

Oie amiguinha... vc disse tudo neste post, todos precisam de sua individualidade, nada de stress ou sofrimento precipitado... penso igual a vc, claro que fico de olhos abertos, pq temos que cuidar do que amamos não é... mais não tenho ataques de ciumera não... cada um tem que viver o seu momento individual...

bjs
monica

Luiz disse...

Tema um quanto tanto polêmico mas real.
A individualidade num relacionamento é primordial. O homem é muito mais ponderavel nessa situação do que as mulheres que em geral costumam ter ciumes por qualquer coisa e exigir demais do outro na relação. É evidente que hoje em dia as mulheres mandam mais nos homens, tanto que conheço muito amigos meu que apanham de mulher por não fazerem o que elas querem. Individualidade e respeito é fundamental para as duas partes.
Só assim para manter um casamento saudavel e sem crises.
Otimo Texto

att

Luiz Carlos

Viviane disse...

Uhulll amiga disse tudo!
Pois os pingos nos is rs.
Também acredito que todo relacionamento é baseado na tolerancia um para com o outro, vejo pela minha irmã que casou e trata o marido como cachorro. Eu to sempre falando, olha um dia ele te troca por outra.
Também gosto de liberdade pessoal, não quero nem pensar em casar e ficar com meu marido sondando o que faço ou deixo de fazer.

Quero mais que ele nao mude por mim e que apenas me deixe respirar, pq individualidade é realmente tudo.

Adorei o post mocitia..cada vez escrevendo melhor.

beijosssss da Vivi

Barbara disse...

Concordo plenamente!
Eu não quero alguém pra fazer so o que eu mandar, como diz minha mãe pra isso a gente faz filho heheheh, eles sim são obrigados a fazer o que a gente manda até eu banca-los pelo menos.
Duas pessoas se encontram pra somar e nao pra viver só em função da outra, eu também nao iria aguentar viver privada de tudo e de todos só seguindo ordens...hellow seculo 21. Modernidade já nesses casamentos!

bejux

Jake disse...

verdade!
Eu nao gosto de ninguem me dizendo o que devo ou nao fazer, e quando se ama há cumplicidade tudo pode. Acima de qualquer coisa somos feitos para sermos livres!

bjs Maricota nariz de pipoca =*

Casar é disse...

Vc tem razão...nao deixar o marido ou esposa fazer tal coisa era pra quem vivia no passado, os tempos mudaram, o mundo mudou, com tanta informação e tecnologia a nossa disposição é impossivel ficarmos em casa só com a barriga no tanque e fazendo filhos enquanto o maridao fica no bem bom, ou vice versa.
Lembrei agora daquela novela a Favorita que tinha a tal da Catarina hauahauahau

Ate ela precisou de espaço!

bjoo

Lari disse...

sensacional adoro o modo como você retrata a area comportamento.
As vezes dou risada mas as vezes tambem vejo que piso na bola...
eu sou a possessao em pessoa. Pobre do meu namorido, preciso mudar ja!
Nao tenho dejado ele fazer nada ultimamente. Confesso que sou insegura sim, mas poxa vida, a vida é uma só né e todos precisam ser felizes mesmo no momento proprio que todos precisamos.

Adorei Mari!!

disse...

Concordo com você!
Temos que ter nossa individualidade, continuar com as atividades que nos dão prazer sempre obviamente levando em consideração que você agora tem uma pessoa do seu lado...
Com consideração e conversa, cada um tem que manter a sua personalidade pois se não só vai trazer insatisfação, se alguém se priva de algo vai acabar colocando a culpa no parceiro por isso...e assim relações terminam...
Adorei o post!
Bjus

www.leticiamdo.wordpress.com

PattyMoonBride disse...

Mari, adorei o post e veio mto a calhar!

Hj tive um perrengue com o noivo pq eu ando emotiva demais, com uma ponta grande de insegurança e uns dias longes me deixam na neura (eu sei... to super errada!)

Pior, ele é um anjo de pessoa... nunca me deu motivo! >(

Eu odeioooooo ser uma pessoa impulsiva! Odeio mais ainda... achar que tenho razão!

Obrigada pelo post.

bjs

Gleice Giotto disse...

Oi Mari, td bem?
Será que vc poderia me mandar por e-mail essa seleção de musicas do seu post passado?

gleicegiotto@yahoo.com.br

Bjinhux

Vanessa Mendes disse...

Oi Mari, adorei a matéria, faz tempo que queria te perguntar? Deu certo o presente que voce ganhou do e-Noivas? Completou o projetinho da repaginacao do blog? Se vc tiver qq problema por favor me avise ok?
Bjinhos
Vanessa

disse...

Bah muito bom esse post, concordo contigo totalmente!

Quintal das Rosas Decorações disse...

Oi linda,

Que bom que gostou da decoração, respondendo a sua pergunta... são folhas sim embaixo da mesa, folhas de ficus, rodeadas de pedras brancas de jardim...

bjs

.a nega do neguinho. disse...

Falou e disse e eu concordo até os ultimos fios de cabelo que ainda tenho antes do casamento!

O amor e respeito são perdurados qdo se us o bom senso então nada melhor do que segui-los!


xêro

A Madrasta Má disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKK não se fazem mais abóboras como antigamente!!! Obrigada pelo carinho!

Minha querida, excelente post! É fundamental mantermos nossa subjetividade, principalmente as mulheres devem ter o seu tempinho, se cuidar, ir ao salão, caminhar ou frequentar uma academia, reunir com as amigas, onde há respeito haverá harmonia!

Bjinhos da Madrasta!

Roberta disse...

Ai eu tb nao sou chegada em grude.
Tem amigas minha que ate banheiro dividem com o marido do tipo um toma banho em quanto o outro faz as necessidades...o cumulo hauahauahua..
Adorei o assunto.

beijos Ma

Kel disse...

Adorei o post!
Bj

Silvio Koerich disse...

Gostei do post, muito ponderado, nada feminista. Parabéns.

Eu diria que é fundamental o homem poder bater uma bola e tomar uma gelada com a rapaziada, ir num jogo de futebol, poder falar merda com a galera, dar socos no braço um do outro, mijar no poste, xingar juízes vagabundos, fazer a dança do maxixe, fazer amizades com desconhecidos no bar, rir de mulheres barangas que se acham.


Todo homem que tem esse espaço fica se borrando de medo de perder a esposa pois sabe que isso é raro.

O que não pode é a mulher querer ir pra boates, baladas ou dar perdidos no marido indo pra boates com go go boys.

Toda mulher tem que ir pro shopping com as amigas porque aí o homem não precisa ir junto e se ferrar vendo vitrines perdendo tardes de futebol e doritos. Porra isso acaba com o cara bixo.


Show de bola parabens